Lucas Caton

[Off-topic] Feito é melhor que perfeito

Por Lucas Caton

image_description

Vou escrever sobre uma técnica relativamente simples para alcançar seus objetivos, seja conseguir um novo emprego, emagrecer, terminar um curso de programação, ou qualquer outra coisa.

Em 2012, eu fui com a minha noiva (atualmente esposa) visitar o meu pai e levamos um grande amigo meu. Na viagem de volta pra casa, viemos falando sobre casamento e comentamos que não tínhamos uma data para casar ainda. Afinal, por que a pressa para casar? Tanto eu quanto minha noiva estávamos tranquilos em relação à isso. Não é o tipo de situação na qual existe pressão por parte de um chefe, de um cliente, da família, etc.

Eram muitas coisas para planejar: documentação para o cartório, agendar o dia na igreja (além de preparar os enfeites), alugar o salão, comprar os comes e bebes da festa, fazer lista de convidados, escolher os padrinhos, planejar a lua de mel (que tem que coincidir com férias de trabalho) e muito mais - só que já casou sabe do que eu estou falando!

Sei que muitos casais enrolam justamente por isso :)

Nesse momento, ele nos deu um conselho caso a gente realmente quisesse casar: escolher uma data e não mudar por motivo algum. Essa seria a forma mais eficiente para conseguirmos preparar tudo. Ele ainda sugeriu 6 meses a contar daquele dia. Após um pouco de conversa, caiu a ficha de que ele tinha razão! Mesmo sabendo que era bastante coisa para fazer, 6 meses parecida um prazo razoável.

Começamos a ligar para nossa família e amigos mais chegados e perguntar se eles tinham compromisso naquela data. Depois de confirmar que todos poderiam, pedimos para que todos reservassem o dia 8 de dezembro de 2012 em seus calendários, pois iriamos nos casar! Nesse momento, não havia como fugir: teríamos que fazer o melhor possível durante aqueles 6 meses. No final deu tudo certo!

* * *

Venho utilizando essa técnica desde aquela época, para várias outras coisas da minha vida.

O mais importante é escolher uma data e mantê-la, principalmente quando somos perfeccionistas, pois naturalmente tendemos a enrolar o máximo que der. Isso vale para um casamento, para criar um blog, para projetos pessoais, para um trabalho de conclusão de faculdade/pós-graduação, enfim, para qualquer coisa!

Dependendo do seu foco e da sua disciplina, é capaz de você acabar desistindo de finalizar se você não tiver um prazo e não for avançando aos poucos.

Não basta ter a iniciativa é importante ter a "terminativa"!

Existe a chance, inclusive, de você criar inconscientemente uma desculpa para justificar o porquê você não chegou lá. Digamos que você queira começar a correr, mas no primeiro dia estava chovendo e você deixa para o dia seguinte. Aí no dia seguinte não vai porque não tinha o tênis apropriado. No terceiro, não vai porque a perna estava doendo um pouquinho. Tem até aquele ditado:

"Quem quer, arruma um jeito; quem não quer, arruma uma desculpa."

Inventar desculpas é uma das coisas mais eficiente que o ser humano é capaz; somos realmente muito bons nisso.

* * *

Suponhamos que você esteja criando um aplicativo/site ou ainda esteja abrindo uma empresa. Você obviamente vai precisar de um nome. Pode parecer uma tarefa simples, mas eu vejo pessoas demorando vários dias e muitas vezes até desistindo somente pelo fato de não terem conseguido o "nome ideal" (algo utópico, considerando que um nome é muito subjetivo).

A solução para esses casos é estabelecer um prazo e dar o melhor de si até tal prazo chegar. Faça uma lista de opções. Talvez você não goste de nenhum, mas vá anotando todos os que surgirem.

Quando a data chegar, escolha o melhor nome da lista e pronto!

Lembre-se que você fez o melhor que pôde, então não postergue essa decisão, mesmo que nenhum nome te agrade 100%. Mesmo que talvez você precise mudar no futuro, esse é o momento de seguir em frente com o que você conseguiu até agora.

Se você não fizer isso, você nunca vai entender que "feito é melhor que perfeito".